Artistas que você deveria conhecer – Richie Kotzen

Tempo médio de leitura: 3 minutos

Seguindo no assunto Música, venho lhes apresentar outro músico extremamente talentoso e lamentavelmente subvalorizado (lembram-se de Jeff Buckley?). Richie Kotzen pelo menos tem a vantagem (para você) de ainda estar vivo.

Richie Kotzen é um guitarrista, vocalista, compositor e produtor norte-americano. Seu trabalho principal, além da carreira solo, foi substituir Paul Gilbert na banda de hard rock Mr. Big. Se você for informado no mundo da música, saberá que substituir Paul Gilbert não é para qualquer um.

Seu estilo compreende uma mistura de rock, jazz e blues.

Como no artigo sobre o Jeff Buckley, apresentarei apenas as versões ao vivo das músicas. Isto se deve a um motivo particular, que é o seguinte: um bom músico faz um bom CD; um ótimo músico faz um puta show.

Enfim, você quer ouvir boa música. Aqui está:

Remember – Álbum “Get Up”, 2004

Essa balada romântica, ao vivo ou qualquer que seja a sua versão, deveria ser o suficiente para você, por livre e espontânea vontade, ir em busca desse músico internacional tão subvalorizado. Minha humilde sugestão é que você a ouça. Se gostar, ótimo, continue lendo. Se não gostar…

Go Faster – Álbum “Return Of The Mother Head’s Family Reunion”, 2007

Já mencionei que a voz dele é fantástica? Acho que ainda não. Bem, ela é. Aqui há uma clara mistura entre blues e hard rock. Percebe-se que ele está sozinho, mas tem a energia de uma banda inteira. Lembra do que eu disse sobre ótimos músicos fazerem puta shows? Era disso que estava falando.

Fooled Again – Álbum “Return Of The Mother Head’s Family Reunion”, 2007

Com guitarras em overdrive, e uma batida mais acelerada, é um hard rock típico dos anos 80, cantado em 2007. Seria uma música muito bem interpretada por Chris Cornell, se ele assim quisesse.

Faith – Álbum “Return Of The Mother Head’s Family Reunion”, 2007

Atenção especial para o feeling sobrenatural a partir dos 5 minutos de vídeo.

Help Me – Álbum “24 Hours”, 2011

As influências do blues e do jazz são mais perceptíveis aqui, embora ainda seja um belo de um hard rock. Podemos ver aqui que ele une uma técnica impecável na guitarra e uma voz que…

Cara, só ouvindo.

High – Álbum “Change”, 2003

A música original não é acústica, mas acho (e é evidentemente uma opinião pessoal) que é a melhor versão. Ele começa mostrando sua pouca (leia-se sobrenatural) habilidade no violão.

Stoned – Álbum “Wave of Emotion”, 1996

Uau, que voz. Sem mais.

Regret – Álbum “The Winery Dogs”, 2013

The Winery Dogs é um power trio formado por Richie Kotzen, Mike Portnoy e Billy Sheehan.

Não preciso dizer que, sendo só ele e o piano, é uma música fantástica, preciso? Conheça mais do The Winery Dogs aqui:

Álbuns que você deveria conhecer – Debut do “The Winery Dogs”

Sara Smile – Cover de Hall & Oates

Porque o mundo precisa de um pouco mais de blues.

Bônus – Solo de Guitarra


Gostou do texto?

Você pode receber as atualizações do Além do Roteiro inserindo o seu email abaixo e clicando em “Seguir”.

Nicholas Nogueira

Carioca, que abriu sua própria empresa para poder ter tempo de escrever e falhou miseravelmente. Uma pessoa intensa que encontrou na escrita a única forma de extravasar tudo que passa dentro de si.

  • Inez Ribeiro

    Ah…Kotzen…como nao amar esse cara! Feeling, linda voz…lindo timbre…lindo..lindo lindo Richie…
    The Winery Dogs é a melhor banda da atualidade…e eu os verei em Maio em BH!!😉✌

  • Bruno

    Esse cara é simplesmente demais… Conheço ele tem uns 4 anos e já fui em 2 shows. De verdade, concordo com tudo o que você disse no texto. Parabéns man!

  • Patricia

    Belíssima seleção…. ganhou meu voto.
    Na música Faith, ele diz no início “Batam palmas” ou viajei? Será que foi no Brasil?? hahha

    • Ele diz isso mesmo! Hahahaha foi em são Paulo. É estranho que o único álbum ao vivo dele (eu acho), é justamente o no Brasil.