Violonistas que você deveria conhecer – Thomas Zwijsen

Tempo médio de leitura: 2 minutos

Hoje vamos iniciar uma nova série de textos. Já focamos em “Artistas que você deveria conhecer” e “Álbuns que você deveria conhecer” que exibem uma grande variedade de artistas, de vários estilos musicais distintos. Agora, iremos mudar um pouco a abordagem, focando em instrumentistas, mais especificamente os violonistas (que tocam violão, não violino).

Thomas Zwijsen é um artista holandês e belga, que faz algo simples, porém brilhante: ele pega as músicas do Iron Maiden (sim “O” Iron Maiden) e as transforma em peças eruditas no violão. No final, mostrarei outras versões no mesmo estilo, só que de outras bandas. Mas o foco dele é mesmo Iron Maiden.

Ele chegou a produzir alguns álbuns com Blaze Bayley, antigo vocalista do Iron Maiden, mas aqui focarei em suas obras solo e sem vocais.

Abaixo, algumas de suas peças. Escolha sua música original favorita e aproveite uma nova (e incrível) versão dela. Ao final, uma novidade – você encontra a playlist que montamos no Spotify, com todas as músicas do texto.

Fear of The Dark

The Trooper

Ghost of the Navigator

Wasting Love

Com a participação da violinista (agora sim) Anne Bakker, que usa o violino como a voz de Bruce Dickinson.

Powerslave

Por ser uma música mais pesada, ele inova usando técnicas clássicas no violão, mas unindo com uma banda convencional (baixo e bateria). Fica foda.

Hallowed by Thy Name

Wasted Years

Run to the Hills

Aqui ele faz a percussão e o violão principal. Com a inusitada participação especial… de um gato preto.

Outras músicas…

Highway Star – Deep Purple

Behind Blues Eyes – The Who

Don’t Stop me Now – Queen

No Spotify:


Gostou do texto?

Você pode receber as atualizações do Além do Roteiro inserindo o seu email abaixo e clicando em “Seguir”.

Nicholas Nogueira

Carioca, que abriu sua própria empresa para poder ter tempo de escrever e falhou miseravelmente. Uma pessoa intensa que encontrou na escrita a única forma de extravasar tudo que passa dentro de si.