Uma retrospectiva de 2016

Tempo médio de leitura: 3 minutos

Dezembro é um mês cheio de retrospectivas, como se os últimos 31 dias do ano não contassem, fossem apenas um bônus para quem sobreviveu longos onze meses. As notícias recentes provam que o ano só acaba quando o juiz apita, e aqui não é diferente. Retrospectiva de verdade vem no ano seguinte, e aqui está um pouco do que o Além do Roteiro se tornou em 2016.

Crescemos

Nada melhor que um infográfico para falar de números.

os 5 textos mais lidos de 2016

Nessa lista estão apenas os textos publicados em 2016. O ano fez os assuntos variarem e convergirem. Teve tempo de problematização, de análise política, de tradução e de histórias, é claro.

Desconstruindo o machismo dentro de casa

Preciso te contar sobre meu armário

Conceitos de Storytelling #3 – Conflito

Por que o preço do petróleo está caindo?

Leia a Íntegra do Discurso de Michelle Obama na Convenção Nacional do Partido Democrata

novos formatos

A gente se mete a falar de conceitos de histórias, mas onde estavam os trabalhos sobre as mesmas? A TV ganhou espaço por aqui com reviews selecionadas:

Black Mirror, para quem deseja filosofar com base na série mais desgraçadora de mentes do ano.

The Night Of, para quem deseja esmiuçar detalhes e conceitos da mais grata surpresa trazida pela HBO.

Westworld, para quem precisa desvendar os mistérios da série que dominou as conversas do fim de ano e promete ocupar o trono de GoT no futuro.

E é claro que tem cinema também. A análise de filmes como Bastardos Inglórios é nosso grande desejo para 2017.

Análise de Filmes #1 – A estrutura própria de Bastardos Inglórios

tem mais personagens? tem sim!

A virada para 2016 levou o Marcelo para o Instituto Mercado Popular, mas trouxe a Jéssica para renovar o tom de nossas vozes. No apagar das luzes, chegou o Gustavo para enriquecer ainda mais o grupo.

Para consolidar essas mudanças, agora tem página para você conhecer os personagens do AdR. Começa pequena, mas quem sabe em 2017 a lista não cresce? Se tiver interesse, é só mandar um oi.

Aquilo que ninguém conta

O mais legal de 2016 foi ver o site continuar e crescer como se nada tivesse acontecido. Só mais textos publicados, mais compartilhamentos, não é mesmo? Não, cara pessoa leitora.

Mudamos de servidor, saindo do gratuito para o pago do próprio bolso. Aqui e ali, em pequenos detalhes, nos esforçamos para deixar o AdR mais rápido no acesso, mais focado em leitura, mais rico em possibilidades (trouxemos o Disqus para os comentários, por exemplo). Ah, e com zero anúncios, para nos deixar alinhados com os valores que publicamos.

O desafio era fazer tudo sem quebrar páginas, sem dar sustos em leitores, sem estragar a experiência. E sem fazer você pagar com dados capturados em cliques em anúncios ou atenção roubada pela distração de caixas piscantes.

e 2017?

Espero que seja um ano de mais novidades. Porém, nada de bastidores, é hora de novidades que você enxergue na tela, perceba na leitura. Não é à toa que entramos também no Medium para explorar novas casas.

Nada melhor do que perguntar: o que você espera do AdR em 2017? Que assunto gostaria de ver mais? Quais as suas sugestões? Quer participar?

Larga a timidez que a gente se encontra aqui embaixo, nas caixas de comentários da internet, em qualquer lugar. Ah, e feliz 2017!

Já assinou?

Uma das formas de seguir com a gente é inserir o seu email abaixo e clicar em “Seguir”.


Also published on Medium.

Yann Rodrigues
Editor, também escreve em

Apaixonado por entender narrativas. Das histórias que nos encantam em páginas e telas, às narrativas que nos guiam ou aprisionam na vida.