Ólafur Arnalds

Artistas que você deveria conhecer – Ólafur Arnalds

Tempo médio de leitura: 2 minutos

Ólafur Arnalds é um músico multi-instrumentalista da Islândia. Se formos rotulá-lo, teríamos que criar algo que nunca foi visto antes. E foi o que fizeram: post-rock neoclássico.

Sério.

Post-rock é, resumidamente, rock experimental, majoritariamente instrumental.

O neoclássico… bem, para definir, precisaríamos entrar em conceitos musicais, estudo da música Barroca do século 18, a quebra do Romantismo dos séculos posteriores, etc. Sério, você não vai querer saber disso. Então, resumindo, é música clássica, só que nova, e bem mais simples. Muito próximo do minimalismo, que vimos em outro texto.

Então, você chutou certo: é rock com pegada de música clássica, ou o inverso. É incrivelmente incrível.

Com Ólafur Arnalds, você irá experimentar algo novo, mas não tão novo assim. Se você for bem experimentado, irá reconhecer muito do clássico romântico de Chopin. Mas ouvirá também adições de batidas eletrônicas.

Obs: Embora ele não seja apenas compositor de trilhas sonoras, ele também o é. Filmes famosos, como Jogos Vorazes e Busca Implacável 3, e séries como Broadchurch (por onde é mais conhecido), fazem parte de seu portfólio musical.

Foi difícil escolher algumas músicas, dentre todo o seu repertório. Se pudesse, escolheria todas. E é isso que sugiro a você: se gostar (e com certeza gostará), procure outras músicas. É ótima para vários momentos.

For Now I am Winter ft. Arnór Dan – Álbum “For Now I Am Winter”, 2013

Ólafur não precisa de muito para uma música linda como essa. Uma melodia inesquecível, apenas 7 palavras na música inteira, e o resultado é esse que você ouvirá.

Particles ft. Nanna Bryndís Hilmarsdóttir – Álbum “Island Songs”, 2016

É, você vai ler muitos nomes impossíveis de falar e escrever aqui. Não se preocupe, são pessoas como você e eu.

Eyes Shut ft. Alice Sara Ott – Álbum “The Chopin Project”, 2015

O trecho entre 2:17 e 4:31 é quase uma adaptação de uma peça de Chopin.

Dalur ft. Brasstríó Mosfellsdals – Álbum “Island Songs”, 2016

Gleypa okkur – Álbum “…And They Have Escaped the Weight of Darkness…”, 2010

Hægt, kemur ljósið – Álbum “…And They Have Escaped the Weight of Darkness…”, 2010

Idioma comum, que todo mundo sabe falar; mas, como é instrumental, não tem problema.

So Close ft. Arnór Dan

Doria – Álbum “Island Songs”, 2016

Homenagem ao Prefeito de São Paulo.

Não, mentira. Claro que não!

É uma peça instrumental no piano, mostrando os toques clássicos que falei.


Gostou do texto?

Você pode receber as atualizações do Além do Roteiro inserindo o seu email abaixo e clicando em “Seguir”.

Nicholas Nogueira

Carioca, que abriu sua própria empresa para poder ter tempo de escrever e falhou miseravelmente. Uma pessoa intensa que encontrou na escrita a única forma de extravasar tudo que passa dentro de si.